13/02/2022

Ventilação cruzada: como fazer acontecer na sua casa?

A ventilação cruzada é uma das melhores maneiras de deixar qualquer casa mais fresca e agradável, tanto para os habitantes quanto os convidados. Aderir ao seu uso faz com que o bem-estar geral da residência melhore de forma considerável.

Ela é especialmente recomendada para quem vive em cidades grandes, normalmente muito afetadas com a poluição atmosférica provinda da queima de combustíveis. Entretanto, a ventilação cruzada pode ser adotada em diversos ambientes, tal a sua versatilidade.

Além disso, é relativamente simples promove-la em sua casa. Com algumas modificações, é possível começar a aproveitar de seus benefícios em pouco tempo de uso.

Quer saber mais sobre ventilação cruzada e como aplicá-la em sua casa? Prossiga com a leitura e descubra mais!

 

Mas afinal, o que é a ventilação cruzada?

Você já passou por aqueles dias de muito calor onde, independente do que faça, a temperatura está tão alta a ponto de ficar desconfortável? Apesar de ser uma situação comum e existirem soluções mais convencionais, como o ventilador ou o ar-condicionado, os mesmos podem trazer uma conta bastante salgada ao fim do mês.

A ventilação cruzada, também conhecida como ventilação natural cruzada, é a forma mais natural, eficiente e econômica de refrescar sua casa de forma permanente, limitando ou até eliminando a necessidade do uso de aparelhos mais habituais.

Trata-se de um mecanismo usado na construção civil para favorecer a entrada e saída das correntes de ar no ambiente interno, deixando-o mais ventilado. É, sendo assim, uma forma de aproveitar ao máximo o recurso natural do vento.

Para que o fenômeno da ventilação cruzada ocorra, é necessário que haja duas aberturas em paredes opostas ou adjacentes, projetadas de acordo com a direção do vento local de modo que haja uma constante movimentação do ar. Desta forma, o ar que passar pelo cômodo levará consigo o ar quente para fora e deixar o fresco dentro.

 

A ventilação cruzada vertical X horizontal

O fenômeno da ventilação cruzada pode, ainda, ocorrer de duas formas distintas, na vertical ou na horizontal. Nestes casos, as aberturas responsáveis pelo movimento do ar na casa podem estar alinhadas em paredes diferentes na mesma altura ou estar posicionadas em alturas também diferentes.

Caso, por exemplo, as aberturas de seu imóvel estejam em alturas diferentes, o vento fresco que chega pela janela de baixo levanta o ar quente para a janela de cima e o retira do ambiente. Isso ocorre devido ao fato do o ar de temperatura mais baixa é mais denso, ou seja, pesado, que o quente.

 

A eficácia e vantagens da ventilação cruzada

O método da ventilação cruzada é cada vez mais usado como forma de promover o bem-estar de qualquer residência. Mas já pensou em quantos benefícios ela realmente produz?

Talvez o mais notório seja a circulação e renovação do ar que o método proporciona, mas também é possível economizar muito com a redução de gastos energéticos ao dispensar o uso de eletrônicos convencionais, como ar-condicionado, ventiladores e até mesmo sistema de aquecimento convencionais.

Além disso, a ventilação cruzada oferece um grande conforto térmico aos habitantes ao mesmo tempo em que conserva a temperatura e a umidade. Sem contar que o ar se mantém sempre higienizado, visto que está em constante renovação, diminuindo consideravelmente a chance de organismos nocivos se proliferarem.

Ou seja, em um cenário pandêmico ao qual vivemos hoje, a ventilação cruzada pode trazer muito mais segurança para os seus adeptos ao favorecer a ventilação.

É, entretanto, importante dizer que para assegurar que o método funcione perfeitamente, é preciso garantir que a ventilação natural passe por todo o imóvel, utilizando as já mencionadas janelas nos seus extremos.

 

Como fazer com que a ventilação cruzada aconteça em sua casa?

Sabendo de todos os benefícios que a ventilação cruzada traz para você e para a sua casa, que tal tentar fazer acontecer? Não é necessário construir uma casa do zero para colocá-la em prática, basta apenas promover algumas modificações.

 

Instalação de janelas e portas

Esta etapa é mais fácil de ser realizada quando se está nas primeiras fases de uma construção, por isso, se este for seu caso, procure saber mais sobre o ambiente em que está construindo. Procure saber as correntes de vento da região e procure instalar as portas e as janelas a partir das mesmas.

Isso pode ser efetuado também em sua casa já construída, ainda que com mais obstáculos. Procure saber, assim como no exemplo anterior, de onde costumam vir os ventos de sua região e, se for, possível, instale nessas áreas algumas janelas e portas.

 

Aproveite os cobogós

Os cobogós são um tipo de tijolo vazado criado em Recife no ano de 1920 e é produzido de diversos materiais. Ele possui várias funções, uma delas sendo promover a ventilação e a luminosidade em um ambiente.

Sendo assim, eles ajudam muito na ventilação cruzada de um cômodo, e pode ser instalada até mesmo em casas já construídas, sendo anda bastante acessíveis para o consumidor comum.

Inclusive, na Arqplace você encontra diversos modelos de cobogós, que serão perfeitos para um projeto de ventilação na sua casa! Conheça nossa linha!

 

O que achou?

Agora que você já sabe o que pé a ventilação cruzada e o que ela pode trazer para a sua saúde, procure investir em imóveis com ela presente e, se possível, adote-a em sua casa.

Fale conosco
pelo Whatsapp