29/11/2022

Quando é indicado usar uma arandela?

Uma das peças mais buscadas quando se está criando um projeto luminotécnico, é a arandela.

Com características que aliam beleza e funcionalidade, esse elemento pode garantir benefícios que vão desde o apelo estético, até conquistar maior luminosidade estratégica em um ambiente.

Porém, nem sempre as arandelas são a escolha ideal, dependendo do que está projetando para a sua obra ou reforma.

Por isso, vale a pena aprender mais sobre essa peça e, com isso, entender quando elas são indicadas e as suas principais formas de uso.

Confira!

 

Mas, antes: o que é uma arandela?

Arandela é um tipo de luminária que é fixada na parede. Normalmente, ela é utilizada para fornecer luz de apoio e difusa.

Ela proporciona conforto e ao mesmo tempo confere sofisticação ao espaço. Mas, como adiantamos na introdução do nosso conteúdo, é fundamental conhecer a peça, para poder verificar a sua melhor indicação de uso.

Sendo assim, saiba que existem alguns tipos diferentes de arandela.

 

Tipos de Arandela

É possível classificar as arandelas de acordo com a maneira que joga a luz no ambiente:

Arandela de luz direta

São aquelas que jogam a luz diretamente, como diz o próprio nome, por serem transparentes (geralmente de vidro). Exemplo: arandelas do tipo tartaruga, muito usadas em áreas externas.

Arandelas translúcidas – também de luz direta

Um material opaco (geralmente vidro) faz o fechamento da luminária e a luz espalha-se pelo ambiente de maneira suave e confortável.

Arandelas com cúpula

Semelhantes a um abajur, esta arandela possui uma cúpula. Dependendo do estilo, podem ser usadas na decoração de espaços retrô ou de ambientes mais formais, como escritórios.

Arandelas Uplight

Jogam a luz para o alto. São perfeitas para iluminar fachadas ou criar iluminação indireta dentro de espaços internos (pois a luz será rebatida no teto).

Arandelas Downlight

Jogam a luz para baixo, lavando uma parte da parede com um facho de luz. Elas são indicadas para iluminação decorativa, gerando uma sensação de introspecção.

Arandelas com duplo efeito (para cima e para baixo)

Diferentes tipos de aberturas podem criar diferentes tipos de efeitos de iluminação. Exemplo: um facho de luz maior para baixo e um risco de luz para o alto; um facho de luz para cima e outro para baixo em igual proporção.

Neste caso, seu efeito é bem mais cênico e você poderá pensar na sensação descrita acima (nos efeitos uplight e downlight), pois será muito parecido.

O importante é integrá-la ao ambiente, à decoração e ao seu conforto. Existem no mercado vários modelos de arandelas, com diferentes cores, tamanhos, estilos e materiais. Naturalmente, antes da compra, você deverá ter um projeto, o qual indicará a quantidade de luminárias necessárias, seu tamanho (e demais características físicas) e tipo de lâmpada que deverá priorizar.

De modo geral, os modelos mais simples causam um bonito visual luminotécnico. São fáceis de combinar com as cores das paredes, com o ambiente; a não ser que você tenha uma decoração muito diferenciada, a escolha deverá ser bem avaliada.

 

Onde usar arandelas?

Por ser uma luminária de luz suave e que fornece uma luz mais direcionada, ela normalmente é indicada para locais como fachadas, varandas, jardins, corredores, lavabos, banheiros e quartos.

Seu uso não é indicado para iluminar todo o ambiente, mas sim para valorizar paredes e dar apoio onde é necessário. Veja abaixo alguns exemplos interessantes:

Em corredores

As arandelas iluminam a passagem e proporcionam segurança a que transita por ele. Elas também criam efeitos de iluminação que surpreendem e valorizam a decoração sem poluir o visual. Você poderá utilizá-las, inclusive, como balizadoras, criando ritmo ao repetir seu uso.

Em banheiros e lavabos

As arandelas podem ser usadas para criar efeitos decorativos, assim como para auxiliar na iluminação funcional do espaço.

Em Quartos

Nos quartos as arandelas são muito utilizadas nas cabeceiras das camas, sobre os criados-mudos, fornecendo uma luz suave e que muitas vezes pode ser usada para leitura. Uma grande vantagem desta escolha é a possibilidade de eliminar o uso de abajures (isso é indicado, especialmente, para quartos de idosos).

As arandelas são indicadas especialmente para ambientes pequenos, pois diminuem o número de itens sobre mesas e aparadores. Isso livra o espaço, que parece maior, mais limpo e organizado.

Já para ambientes amplos, elas cumprem a função de conferir charme e destaque a pontos visuais específicos.

Lembre-se de que as arandelas externas precisam ser feitas de materiais mais resistentes para não estragar com as intempéries.

Conclusão? Elas podem ser usadas em todos os tipos de ambientes, basta saber qual o efeito desejado e a sua função.

 

Onde adquirir as melhores arandelas?

Depois de saber que as arandelas, apesar de muito estratégicas na criação e ambientação de espaços, são muito versáteis, é hora de acessar o site da Arqplace e escolher o modelo que mais te agrada.

Aqui você vai encontrar as melhores e mais adequadas peças para a sua obra ou reforma, de modo a tornar o seu ambiente singular.

Aproveite as nossas condições de pagamento e o nosso preço imbatível. E, se quiser, chame um de nossos atendentes no chat para tirar todas as suas dúvidas.

Fale conosco
pelo Whatsapp