21/07/2022

Quais os tipos de iluminação e em que circunstâncias são mais indicadas?

Conhecer os tipos de iluminação é o primeiro passo para poder montar um projeto luminotécnico que valorize a sua casa. Até porque, muito além de apenas clarear um ambiente, a iluminação correta pode tornar os espaços ainda mais bonitos, elegantes, dinâmicos e funcionais.

Além disso, ao reconhecer os quais são os tipos de iluminação existentes e as suas principais indicações, você conseguirá otimizar os ambientes. Precisa de mais foco no escritório? Relaxar no quarto? Ter dinamismo na sala? Tudo isso pode ser estimulado ao realizar um trabalho bem feito em relação à iluminação.

E nós podemos te ajudar com isso! Venha conhecer os tipos mais indicados de iluminação para cada espaço da casa!

 

Qual a importância de escolher bem os tipos de iluminação para as diferentes áreas da casa?

Como dito, uma determinada orientação na iluminação pode favorecer imensamente um ambiente. Pode estimular mais vivacidade, criar um espaço íntimo, proporcionar mais tranquilidade, apenas modificando a cor da luz e o tipo de transmissor que será usado.

Porém, quando não se tem um conhecimento aprofundado sobre esse tipo de questão, é comum recairmos em erros, escolhendo o tipo inadequado de iluminação para cada ambiente. E se você acha que algo assim não gera nenhum tipo de desgaste, basta pensar como é difícil se manter concentrado e atento em um lugar com pouca iluminação. Ou, o tanto que isso causa cansaço nos olhos.

Esses são exemplos banais de como a escolha errada da iluminação em um escritório pode ocasionar situações desagradáveis. Mas, isso pode se estender para todos os outros cômodos da casa.

 

6 tipos de iluminação que vale a pena conhecer

Então, vamos conhecer todos os tipos de iluminação e entender para quais ambientes e circunstâncias eles são mais indicados?

Iluminação direta

Como o próprio nome já diz, a iluminação direta é aquela em que o foco de luz é direcionado diretamente para algum ponto. Esse tipo de iluminação costuma ser muito utilizado quando é necessário dar destaque ou proporcionar luminosidade focada em determinado lugar.

Alguns exemplos de como essa iluminação pode ser utilizada, é sobre mesas de estudos, bibliotecas ou, até mesmo, em áreas de quartos onde são feitas maquiagens.

Elementos que contribuem para proporcionar iluminação direta:

- Abajures;

- Luminárias;

- Spots;

- Pendentes.

Iluminação indireta

Na proposta da iluminação indireta, o foco não é a luz, por mais incrível que pareça, e sim a distribuição que ela terá em todo o ambiente. Normalmente, esse tipo de iluminação é alcançado quando se pretende criar um espaço luminosamente confortável. Para que ele tenha ainda mais impacto, é interessante que o projeto preveja, juntamente com a parte de iluminação, a escolha de móveis e revestimentos que tenham superfície reflexiva. Assim, a distribuição acontece de forma ainda mais natural.

A iluminação indireta pode ser colocada em:

- Sancas;

- Detalhes no chão;

- Forros;

- Arandelas.

Iluminação difusa

A iluminação difusa é ideal para clarear ambientes sem gerar contraste. Isso é, sem criar sombras sobre os móveis ou objetos. É um tipo de iluminação mais suave e confortável, efeito alcançado quando os equipamentos de iluminação possuem um elemento de filtragem, como um vidro ou uma peça de acrílico que “proteja” a lâmpada.

Esse tipo de iluminação é ideal para:

- Quartos;

- Salas de descanso;

- Salas de TV;

- Banheiros.

Iluminação linear

O próprio nome desse tipo de iluminação já nos ajuda a entender como ela é proposta: são linhas contínuas de luz que, apesar de dar a impressão de que será um espaço muito claro, pode ser otimizado quando é feito da forma correta. Isso significa sem exageros e com lâmpadas que promovam uma luminosidade mais confortável, com menos claridade.

A iluminação linear é muito usada em ambientes corporativos e locais funcionais, que exigem que a pessoa mantenha o foco e a atenção.

Iluminação de orientação

Se tem um tipo de iluminação que possui funcionalidade e apelo técnico, essa é a iluminação de orientação. Isso porque, ela é planejada para orientar as pessoas a realizarem determinado trajeto ou ação. Sua proposta não é, em si, criar um foco de luz que clareie, mas sim que dê a orientação correta.

Normalmente, esse tipo de iluminação aparece em:

- Corredores;

- Próximo a corrimões;

- Escadas;

- Jardins;

- Piscinas.

Iluminação de destaque

A iluminação de destaque é a ideal quando se quer aumentar o destaque e realçar determinada peça ou parte do ambiente. Por isso, é um tipo de iluminação mais focada e concentrada, que serve para dar a ênfase necessária para aumentar a visibilidade de certo objeto.

 

Incremente o seu projeto luminotécnico com as peças da Arqplace!

Agora que você já sabe a importância de um projeto luminotécnico bem feito e, também, como os equipamentos corretos podem favorecer a funcionalidade dos ambientes, é hora de saber onde encontra as melhores peças para botar a mão na massa. E a resposta é uma só: Arqplace!

Em nossa loja você encontra diversas peças de iluminação alto padrão, que vão tornar os seus espaços ainda mais bonitos e otimizados. Aproveite as ótimas condições de pagamento que oferecemos e, é claro, o nosso preço imbatível!

Fale conosco
pelo Whatsapp