01/08/2022

5 dicas para criar um ambiente relaxante

Criar um ambiente relaxante é algo que todos nós queremos, não é mesmo? Afinal, é maravilhoso ter um espaço íntimo e confortável para poder descansar da rotina do dia a dia.

Por isso, vale muito a pena investir para conquistar esse benefício. Mesmo porque, uma pausa de qualidade pode estimular a produtividade, a criatividade e, ainda, renovar as energias com muito mais rapidez.

Para te ajudar com esse intento, nós consultamos os nossos especialistas Arqplace e trouxemos 5 dicas sensacionais para criar um ambiente ideal para o relaxamento.

São soluções arquitetônicas propostas para otimizar a sensação bem-estar em seus espaços internos, de modo a garantir que você terá muito mais prazer em estar em casa.

Veja só o que você pode fazer para conquistar mais qualidade de vida!

 

1.Invista em iluminação confortável

A iluminação é uma etapa crucial em qualquer projeto arquitetônico, porque ela pode tanto favorecer um ambiente, quanto torna-lo desagradável de se estar.

Por isso, a primeira dica que damos para quem deseja criar um ambiente relaxante, é cuidar para que o projeto luminotécnico seja ideal.

Nesse caso, estamos falando de uma proposta que vai além da luminosidade artificial. Isso porque, um dos pontos mais importantes, é que a casa tenha um ganho de luz natural.

A luz diurna é responsável por estimular o nosso organismo e faz com que a energia do nosso corpo se torne mais ativa. Tanto, que é recomendada até mesmo por médicos. Além disso, também favorecem o contato, as conversas e o ânimo.

Em compensação, a luz artificial tem a vantagem de reduzir a nossa adrenalina e nos ajudar a relaxar o corpo.

Mas, para que ela alcance esse intuito, é ideal saber orientá-la da forma correta. Luz direta, indireta, difusa, amarela, colorida, todas elas podem favorecer para que você se sinta muito mais tranquilo em casa.

 

2.Estimule a circulação do ar

Outro ponto que pode favorecer para que o seu ambiente se torne mais relaxante, é que ele tenha conforto térmico.

E, diferente do que muita gente pensa, isso não significa ter ventilador ou ar condicionado no espaço. Aliás, a presença desses equipamentos serve, justamente, para corrigir a falta de conforto térmico.

Estamos falando sobre circulação de ar, que abaixa naturalmente a temperatura e torna o local mais fresco.

Além disso, o ar circulante serve para renovar a energia do ambiente e promover uma sensação ainda mais confortável.

Investir em ventilação cruzada e em elementos arquitetônicos que favoreçam a passagem do ar ajuda a alcançar esse intento com mais facilidade.

 

3.Dê preferência para revestimentos naturais

Os revestimentos naturais são peças que vem, como o próprio nome diz, diretamente da natureza. Por isso, eles agregam a força dos quatro elementos em sua composição e isso acaba por ser transmitido ao ambiente onde são utilizados.

O caso das pedras naturais, por exemplo, como o hijau e a hitam, que são rochas de origem vulcânica, sempre elevam a energia dos locais onde são inseridas. É por isso que são comumente utilizadas em spas e espaços que são especialmente criados para incentivar o relaxamento.

Mas, isso também pode ser encontrado em qualquer tipo de elemento que tenha essa conexão com a natureza. Os painéis ripados também são ótimas sugestões, considerando que a madeira é a essência, em si, da floresta e do natural.

 

4.Proporcione conforto acústico

Mais um ponto de fundamental importância quando se quer criar um ambiente relaxante, é buscar o conforto acústico. Para tanto, vale muito a pena investir em um projeto que otimize a redução dos sons externos e valorize o silêncio dos ambientes.

Estamos tão habituados aos barulhos que vem da casa ao lado, da rua, dos eletrodomésticos, dos celulares, que já nem nos incomodamos mais. Porém, quando o ambiente oferece esse conforto acústico, a oferta do relaxamento é quase que imediata.

Ambientes que possuem essa característica otimizam a ação humana em qualquer aspecto. São locais onde o sono passa a ter mais qualidade, onde o trabalho se desenvolve com mais rendimento e, até mesmo, o auto cuidado se torna mais frequente.

Para tanto, alguns materiais podem ajudá-lo a conquistar isso. A madeira, por exemplo, é um elemento que oferece um conforto acústico natural e pode ser agregada aos ambientes de forma bastante simples.

 

5.Aproveite materiais que despertam tendências afetivas

Por fim, se você quer, realmente, criar um ambiente que vai ajudá-lo a relaxar e curtir bons momentos, nada melhor do que torná-lo totalmente íntimo. Para não recorrer exclusivamente aos detalhes que são pessoais, você pode investir em uma decoração que possua tendências afetivas.

A decoração afetiva é um conceito que ganhou muita relevância nos últimos anos. Ela consiste em organizar a casa com elementos que remetam a memórias afetivas e que possuam características mais íntimas.

São os porta-retratos, os itens feitos de forma manual, cores mais claras, elementos que oferecem mais aconchego, como as mantas e almofadas.

Esses materiais ajudam a proporcionar mais conforto físico e mental, como se você fosse abraçado pela cada assim que a adentra. Isso o ajudará a relaxar com muito mais facilidade!

 

 

 

Fale conosco
pelo Whatsapp